Podem nuvem o sol para sempre;
pode ser secado em um instante o mar:
pode quebrar o eixo da Terra
como um vidro fraco.
Tudo vai acontecer!

Será que a morte
cubra com o seu crepe funéreo,
mas nunca para mim ser apagadas.

a memória de seu grande amor ...

Eu não preciso de respirar,
porque seu respiro ar
Eu não preciso de sonhar,
pois tu és o meu sonho,
Eu não preciso falar,
porque minhas palavras são suas,
Eu não preciso para viver,
Porque o seu amor é minha vida

Mil vezes eu tento esquecer, mil vezes
de volta com o seu concurso de beleza e penetrante,
Sua vontade é o meu amor e meu amor é seu,
e nunca ser capaz de cancelar a inscrição de qualquer um ... meu coração ...

Graças Raul para este poema de amor